Topo

Não é só o Vasco: veja outros 7 times com fama de vice pelo mundo

UOL Esporte

22/01/2017 06h00

Vascaíno lamenta vice-campeonato brasileiro de 2011 (Antonio Lacerda/EFE)

Bi-vice mundial e tri-vice carioca no começo do milênio, o Vasco ganhou a fama nacional de ficar sempre em segundo lugar, embora não seja o líder nesta estatística. Mas o cruzmaltino não é o único time de futebol que sofre com piadas de vice…

1. Vitória

Divulgação

Divulgação

Chamado de "Vicetória" pelos torcedores do Bahia, já que, ao contrário do rival, nunca foi campeão nacional – ficou com o vice da Série A em 1993 e com o segundo lugar da Copa do Brasil de 2010. O escudo tirando onda com o apelido já enganou muita gente e irritou a diretoria do clube.

 

2. Cruz Azul (MEX)

"Supercampeões x Supervice-campeões" (Reprodução/Facebook)

Assim como o Vasco, o Cruz Azul tem uma cruz no uniforme e carrega a fama de vice. Antes de conquistar a Copa do México em 2013, ficou 15 anos sem título, amargando vices consecutivos no Clausura, no Apertura e também na Liga dos Campeões da Concacaf. Ainda foi vice da Libertadores de 2001.

 

3. Universidad Catolica (CHI)

"Pra que rezar tanto se seu destino é ser o segundão?" (Reprodução/Facebook)

Outro clube que leva uma cruz na camisa e tem fama de vice. No futebol chileno, ninguém ficou tantas vezes em segundo lugar. Acumulou um vice por ano entre 2011 e 2016, quando finalmente foi campeão nacional. Se as piadas vão acabar, é outra história.

 

4. America de Cali (COL)

"Ganhamos a Libertadores com o América de Cali… No PES 2012" (Reprodução/Facebook)

Único clube que conseguiu ser tri-vice consecutivo da Copa Libertadores, entre 1985 e 1987. Ainda veio outro segundo lugar, em 1996, quando ganhou de vez o apelido de "eterno vice" dos rivais. Para piorar, passou os últimos cinco anos na segunda divisão do Colombiano.

 

5. Bayer Leverkusen (ALE)

Reprodução/Neverkusen Podcast

Reprodução/Neverkusen Podcast

"Neverkusen", "Vizekusen" e "Dama de honra da Europa" são alguns dos apelidos que o time alemão ganhou na temporada 2001/2002 após ser vice da Bundesliga pela terceira vez consecutiva, vice da Copa da Alemanha e vice da Liga dos Campeões. Para completar, a Alemanha, vice-campeã mundial em 2002, tinha cinco jogadores do Leverkusen, incluindo Michael Ballack.

 

6. Benfica (POR)

Béla Guttmann e a maldição do Benfica (Divulgação)

Béla Guttmann e a maldição do Benfica (Divulgação)

O último título europeu do Benfica foi em 1962. Desde então, o time perdeu OITO finais continentais, a última contra o Sevilla, na Liga Europa de 2014. Nos contos populares, torcedores acusam que isso é fruto de uma maldição jogada pelo técnico húngaro Bélla Guttmann, que pediu aumento após ser bi da Europa em 1962, mas o clube negou e encerrou seu contrato. Foi quando ele avisou que o Benfica não seria campeão europeu pelos próximos 100 anos.

 

7. Atlético de Madri (ESP)

Reuters

Assim como o Benfica, enfrenta uma maldição em finais europeias. Após perder de forma traumática a final de 1974 para o Bayern de Munique, o próprio presidente Vicente Calderón lançou o apelido usado até hoje: "Parecemos o Pupas Futebol Clube". Pupas é uma denominação popular usada na Espanha para definir alguém que é muito azarado. E a "maldição de Pupas" voltou a operar nas últimas duas finais da Champions contra o Real Madrid.

Sobre o Blog

Futebol é esporte, mas também é diversão. O Corneta FC é um espaço para provocações, sarros e zoeiras entre torcedores do futebol brasileiro.Aqui você terá a chance de encher o saco daquele seu amigo que torce para o rival e que adora pegar no seu pé quando seu time perde. Aproveite para se divertir zoando os amigos na escola, no trabalho e nas redes sociais, mas saiba que um dia esta corneta também pode tocar no seu ouvido.Se você tem algum desenho, charge ou sugestão de zoeira, mande para o e-mail: cornetafc@bol.com.br

Corneta FC